A Canção Ganhadora do Oscar 2015 Levou A Plateia Às Lágrimas

O rapper Commom durante apresentação da canção “Glory” na cerimônia do Oscar 2015. (Foto: Reprodução/Internet)

O filme Selma só foi indicado a um dos grandes prêmios da grande noite do cinema, melhor filme, mas não ganhou. Mas a apresentação de John Legend e Common da canção original do filme, “Glory”, foi um dos melhores momentos da noite.

“Glory”, a canção ganhadora do Oscar de Melhor Canção Original, composta por John Stephens e Lonnie Lynn—mais conhecidos como John Legend e Common!—para o filme Selma, levou o público repleto de celébis às lágrimas. Evidentemente, muitos que assistiam a cerimônia também se emocionaram bastante.

O ator britânico David Oyelowo, que viveu Martin Luther King Jr. no filme Selma, e Ophra Winfrey, produtora e atriz do filme, assistem a apresentação de John Legend e Common. (Foto: Reprodução/Internet)
Antes da grande festa, organização do Oscar foi acusada de perpetuar a falta de diversidade étnica e de ter esnobado o filme aclamado pela crítica, sua diretora Ava DuVernay, e seu ator principal, David Oyelowo. No domingo, John Legend e Common fizeram uma apresentação que pode ser considerada como a redenção do filme Selma.

Assista o vídeo, e leia a tradução da letra de “Glory”.



Glory (John Stephens e Lonnie Lynn)

One day when the glory comes / Um dia, quando a glória chegar
It will be ours, it will be ours / Ela será nossa, ela será nossa
Oh one day when the war is won / Um dia, quando a guerra for ganha
We will be sure, we will be sure / Nós teremos certeza, nós teremos certeza
Oh glory (Glory, glory) / Oh, glória
Oh (Glory, glory) / Oh, glória

Hands to the Heavens, no man, no weapon / Mãos aos céus, sem homens, sem armas
Formed against, yes glory is destined / Forjadas contra nós, sim, a glória nos é destinada
Every day women and men become legends / Todos os dias, homens e mulheres viram mitos
Sins that go against our skin become blessings / Pecados direcionados contra nossa pele tornam-se bençãos
The movement is a rhythm to us / O movimento é um ritmo para nós
Freedom is like religion to us / Liberdade é uma religião para nós
Justice is juxtapositionin’ us / A justiça está nos justapondo
Justice for all just ain’t specific enough / A justiça para todos não é suficientemente concreta
One son died, his spirit is revisitin’ us / Um filho morreu, seu espírito está nos revisitando
Truant livin’ livin’ in us, resistance is us / Alunos ausentes vivos vivendo em nós, somos resistência
That's why Rosa sat on the bus / Por isso Rosa sentou-se no ônibus ()
That’s why we walk through Ferguson with our hands up / Por isso atravessamos Ferguson com as mãos para o alto
When it go down we woman and man up / Quando tudo desmorona, nós homens e mulheres criamos coragem
They say, “Stay down”, and we stand up / Eles dizem “fiquem no chão”, e nós nos erguemos
Shots, we on the ground, the camera panned up / Tiros, nós no chão, a câmera virou para cima
King pointed to the mountain top and we ran up / King apontou para o topo da montanha e nós corremos pra lá

One day when the glory comes / Um dia, quando a glória chegar
It will be ours, it will be ours / Ela será nossa, ela será nossa
Oh one day when the war is won / Oh, um dia, quando a guerra for ganha
We will be sure, we will be sure / Teremos certeza, nós teremos certeza
Oh glory (Glory, glory) / Oh, glória (Glória, glória)
Oh (Glory, glory) / Oh (Glória, glória)

Now the war is not over, victory isn’t won / A guerra ainda não terminou, a vitória não foi conquistada
And we’ll fight on to the finish, then when it's all done / E nós lutaremos até o fim, e quando tudo acabar
We’ll cry glory, oh glory (Glory, glory) / Clamaremos glória, oh glória
Oh (Glory, glory) / Oh (Glória, glória)
We’ll cry glory, oh glory (Glory, glory) / Clamaremos glória, oh glória (Glória, glória)
Oh (Glory, glory) / Oh (Glória, glória)

Selma’s now for every man, woman and child / A cidade de Selma agora existe para cada mulher, homem, criança
Even Jesus got his crown in front of a crowd / Até mesmo Jesus ganhou sua coroa frente a uma multidão
They marched with the torch, we gon’ run with it now / Eles marcharam com a tocha, agora nós correremos carregando-a
Never look back, we done gone hundreds of miles / Nunca olhando para trás, percorremos centenas de milhas
From dark roads he rose, to become a hero / Ele surgiu de estradas sombrias, para se tornar um herói
Facin’ the league of justice, his power was the people / Enfrentando a liga da justiça, seu poder era o povo
Enemy is lethal, a king became regal / O inimigo é letal, um rei virou soberano
Saw the face of Jim Crow under a bald eagle / Viu o rosto de Jim Crow abaixo de uma águia careca
The biggest weapon is to stay peaceful / A maior arma é continuar pacífico
We sing, our music is the cuts that we bleed through / Cantamos, nossa música é feita dos cortes pelos quais sangramos
Somewhere in the dream we had an epiphany / Em algum lugar do sonho tivemos uma epifania
Now we right the wrongs in history / Agora corrigimos os erros da história
No one can win the war individually / Ninguém pode vencer a guerra individualmente
It takes the wisdom of the elders and young people’s energy / É preciso a sabedoria dos idosos e a energia dos jovens
Welcome to the story we call victory / Bem-vindo à estória que chamamos de vitória
The comin’ of the Lord, my eyes have seen the glory / Na vinda do Senhor, meus olhos viram a glória

One day when the glory comes / Um dia, quando a glória chegar
It will be ours, it will be ours / Ela será nossa, ela será nossa
Oh one day when the war is won / Um dia, quando a guerra for ganha
We will be sure, we will be sure / Nós teremos certeza, nós teremos certeza
Oh glory (Glory, glory) / Oh, glória
Oh (Glory, glory) / Oh, glória

When the war is won, when it’s all said and done / Quando a guerra for vencida, quando tudo for dito e feito
We’ll cry glory (Glory, glory) / Clamaremos glória, oh glória (Glória, glória)
Oh (Glory, glory) / Oh glória (Glória, glória)


A atriz Jessica Chastain também emocionada com a apresnetação de “Glory”. (Foto: Reprodução/Internet)

O ator britânico David Oyelowo, que viveu Martin Luther King Jr. no filme “Selma”, compartilhando o momento de emoção com Oprah. (Foto: Reprodução/Internet; Slate)

O ator Chris Pine com uma única e solene lágrima. (Foto: Reprodução/Internet) 

Momentos como a apresentação de John Legend e Commom na noite de ontem, salvaram uma cerimônia que pode ser— tradicionalmente—entendiante. Bem, agora não se pode falar do Oscar 2015 sem falar na Glória do filme Selma.

c&p

2 comentários:

  1. que bom que atores americanos não são robôs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Como já dizia o título daquela novela mexicana, "Os Ricos Também Choram".

      Excluir

('Trollagens' e comentários Desrespeitosos e Ofensivos não serão publicados):