O Quão Bela Era a Voz de Karen Carpenter? Escute-a isolada dos instrumentos musicais e descubra

Karen Carpenter se apresenta em Londres no ano de 1974. Foto de Tim Graham.
(Reprodução/Internet;NPR).

O quão bela? É possível saber quando a escutamos isoladamente dos instrumentos.


Cantores e cantoras criam suas marcas na história da música pelo potente alcance de suas vozes, pela beleza física, ou mesmo por suas habilidades na dança. Alguns se imortalizam pelas tragédias e/ou pelos escândalos que marcaram suas vidas. Outros se tornam estrelas por contribuírem com inovações musicais, pela criação de estilos, e pela forte influência em novos artistas e em gerações de ouvintes. E alguns outros são lembrados por tudo descrito acima.

Contudo, poucos cantores e cantoras podem realmente ser lembrados simplesmente por terem uma voz única, singular; aquela voz que no meio de tantas outras sempre será facilmente identificada pelo nome. E sem dúvida, Karen Carpenter é uma dessas vozes com nome.

Muito pode ser dito sobre esta cantora e baterista, que morreu de forma trágica (decorrente de um distúrbio alimentar), mas seria o bastante dizer que a cantora era a dona de uma das mais belas vozes já ouvidas na música pop. Junto com o seu irmão Richard, Karen conseguiu se consagrar internacionalmente como vocalista do The Carpenters, dupla ícone dos anos 1970.

A voz grave de textura aveludada, profundamente melancólica, e bastante sofisticada de Karen pode ser melhor ouvida quando esta é digitalmente isolada dos instrumentos. Foi isto que fez o Studio Multitracks com faixas de um dos melhores discos da dupla, The Singles 1969 – 1973criando um efeito quase “a capella” (alguns instrumentos ainda podem ser ouvidos).


Superstar (Bonnie Bramlett/ Leon Russell), voz e baixo:





Yesterday Once More (John Bettis/Richard Carpenter), voz e baixo:





Goodbye To Love (John Bettis/Richard Carpenter), voz, baixo e bateria:





Rainy Days And Mondays (Roger Nichols/Paul Williams), voz, baixo e bateria:





For All We Know (James Griffin/Fred Karlin/R. Wilson), voz, baixo e bateria:




c&p

Fonte: Dangerous Minds; All Music.

4 comentários:

  1. Adoro estes irmãos The Carpenters! A voz de Karen sempre foi fabulosa!! Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  2. Amo esta linda Boa karen carpenter

    ResponderExcluir

('Trollagens' e comentários Desrespeitosos e Ofensivos não serão publicados):