As Cinco Fases da Embriaguez

“Five stages of inebriation” (1863-1868 aprox.), Fotógrafo Charles Percy Pickering. (Reprodução/Internet).
O quê se assemelha muito àquelas fotografias de amigos inebriados no Facebook ou outra rede social, as fotos desta postagem servem mais como um lembrete de que o álcool e a figura do bêbado são partes integrais da cultura ocidental. Seja como motivo de piada, ou seja como alvo de campanhas de políticas públicas.

“Five stages of inebriation” (1863-1868 aprox.), Fotógrafo Charles Percy Pickering. (Reprodução/Internet).
Este conjunto de cinco fotografias feitas aproximadamente entre os anos de 1863 a 1868, do fotógrafo Charles Percy Pickering (1825-1908), foi montado em um estúdio e demonstra progressivamente as fases da embriaguez. O registro das fotos da Biblioteca Estadual de New South Wales, Austrália (State Library of New South Wales), que adquiriu a série em 2007, considera a possibilidade de que estas tenham sido encomendadas a Pickering para fazer parte de uma campanha educacional promovida por algum grupo de temperança. Interessantemente, o mesmo registro daquela biblioteca levanta o fato de que em 1866, o Premiê de New South Wales, James Martin, introduziu a “Lei de Punição do Bêbado”.
“Five stages of inebriation” (1863-1868 aprox.), Fotógrafo Charles Percy Pickering. (Reprodução/Internet).
Mas o quê foi o Movimento da Temperança? Segundo a Enciclopédia Britânica, este movimento

“foi criado para promover a moderação e, mais frequentemente, a abstinência completa do uso de bebidas intoxicantes. Muito embora a promessa de abstinência tenha sido introduzida pelas igrejas já no início do século 19, as primeiras organizações da temperança parecem ter sido fundadas em Saratoga, Nova York, em 1808 e em Massachusetts em 1813. O movimento se espalhou rapidamente sob a influência das igrejas”.

O Movimento da Temperança é também a raiz da Lei Sêca, ou simplesmente conhecida como “Proibição” (1920-1933) nos Estados Unidos, assim como o movimento também antecipou a criação do grupo Alcoólicos Anônimos, hoje uma instituição espalhada pelo mundo, inclusive no Brasil.

“Five stages of inebriation” (1863-1868 aprox.), Fotógrafo Charles Percy Pickering. (Reprodução/Internet).
Se hoje no Brasil vivemos o totalmente necessário lema “Se Beber Não Dirija”, essas fotos do século 19 parecem nos dizer, “se beber, não tente ficar em pé”. E todos nós sabemos que umas beiçadas nuns copos podem ser a causa de bastante diversão e alegria, embora também saibamos como algumas pessoas quando estão embriagadas podem ser bastante cômicas, até ridículas, ou somente um grande pé no saco—outras até seriam consideradas perigosas. O fato é: uma, ou cinco fotos de um bêbado inofensivo, com certeza, podem ser muito engraçadas. Temperança, talvez, é o quê não deixaria que algumas fotos sejam classificadas como totalmente “ridículas”.


“Five stages of inebriation” (1863-1868 aprox.), Fotógrafo Charles Percy Pickering. (Reprodução/Internet).


c&p

Fonte: Justapoz; The Huffington Post; Retronaut; State Library of New South Wales/Flickr; Enciclopédia Britânica



Um comentário:

  1. Legal

    Ricardo Meira
    rick.ipanema@gmail.com

    ResponderExcluir

('Trollagens' e comentários Desrespeitosos e Ofensivos não serão publicados):