Fotógrafo Cria Imponentes Paisagens Dentro de Aquários



As fotografias de Kim Keever são absolutamente mágicas, e pode nos remeter a diferentes mundos, planetas, ou um local dentro de um sonho. Entretanto, suas criações são realizadadas dentro de aquários, transformando aquele espaço pequeno em mundos majestosos.

Segue a tradução o artigo de Katherine Brooks publicado originalmente em 10 de março de 2014 no Huffington Post.


Paisagens Sublimes Criadas Artesanalmente Dentro de Aquários Parecem Dioramas Estudantis Sob o Efeito de LSD

As fotografias de Kim Keever capturam águas violentas de oceanos, montanhas se alastrando em cordilheiras e sistemas fluviais semelhantes a artérias encharcados em pigmentos em pó que esperaríamos encontrar em um planeta fictício, bem distante. Embora as fotos tenham o aspecto suspeitosamente reais, referências de um amarelo puro demais e de um azul saturado entregam o jogo. As imagens de Kim Keever não são reflexos do mundo natural, mas ao contrário, elas são fotos instantâneas de paisagens artificiais que ele artesanalmente criou em… aquários.




É difícil acreditar, mas as fotografias de Kim Keever revelam meio-ambientes artificiais que o artista criou artesanalmente dentro de aquários de um metro e 83 centímetros com capacidade para 757 litros d’água. Ele construiu imagens, pigmentos, enchimentos acolchoados e fluídos hidrosolúveis dentro dos tanques para criar etéreas paísagens aquáticas—imagens mímicas de cenas das Cordilheiras dos Andes e do Rio Amazonas.

“É incível como certas coisas imitam exemplos do mundo real. A tinta irá fluir através da água como as formações de nuvens que nós vemos todos os dias”, Keever explica em uma nota para a imprensa. “Este é um exemplo excelente do fractal… do matemático e da mímica visual de grandes e de pequenos sistemas”.

Keever tira centenas de fotografias de suas paisagens—reinos em miniatura que deixam os dioramas da escola para trás. Assim como as pinturas de Caspar David Friedrich ou de J.M.W. Turner que forçaram os limites do hiperrealismo, os trabalhos de Keever aportam em algum lugar entre o nascimento do universo e um após-vida pós-apocalíptico. E, como mencionamos, tudo isso se passa nos confins de um aquário de peixes.















c&p



Nenhum comentário:

Postar um comentário

('Trollagens' e comentários Desrespeitosos e Ofensivos não serão publicados):