O Grupo de Rock Arcade Fire Ressuscita o Amor Perdido Com o Carnaval de Orfeu Negro


Marpessa Dawn e Bruno Mello (Eurídice e Orfeu) em uma cena do filme Orfeu Negro

O Arcade Fire é um grupo de rock com base no Canadá (Montreal e Quebéc) que produz um som de alternativo powerpop. O grupo conquistou muitos dos seus fãs entre os seguidores do rock que têm como ídolos David Byrne and David Bowie.

Mas foi seu último álbum Reflektor, lançado este ano, que ganhou a minha atenção máxima. Principalmente por conta da música After Life (Após Vida) entre outras. A letra de After Life é simples mas pungente, acompanhada de um instrumental de batida forte e um vocal profundo de Win Buttler. A música que narra o fim de uma relação amorosa, consegue transformar este tema, pra lá de banal nas canções de rock, em um intenso lamento espiritual sobre o sentimento de perda. Isto fica ainda mais explícito quando a música é apresentada na forma de vídeo-clip.

E talvez por isso haja dois vídeos para esta música que lida com a vida após o término de um relacionamento, e ambos apresentam uma mensagem que vai para além do término de um relacionamento. Ambos também utilizam um ambiente latinoamericano para colocar o “amor” em discussão.

O primeiro vídeo, ou Vídeo Oficial (escrito e dirigido por Kai Bock, e produzido pela ICONOCLAST), mostra uma família latina composta de um pai, que vende flores nas ruas da cidade, e dois filhos. Numa noite, sem poder dormir, esse pai sai a andar perdido pelas ruas e se chega ao que parece ser um grande armazém dentro da noite escura. E lá dentro surge uma pista de dança com casais cabisbaixos dançando lentamente no salão, e ele avista uma mulher de costas para a parede. Ele se dirige a ela e a abraça, tudo isto em forma de abstração, em forma de sonho, nos fazendo pensar que aquela mulher já se foi.

O segundo vídeo, ou "Vídeo Letra", dirigido por JF Lalonde e produzido pelo Arcade Fire, apresenta o tema do após vida de um relacionamento que termina com a morte. Para isto o vídeo mostra a letra da música sobreposta como legendas à imagens do filme franco-brasileiro de 1959, Orfeu Negro.



A canção After Life justaposta àquelas, hoje clássicas, cenas de Orfeu Negro, ressuscitam o filme e o trágico carnaval de Orfeu ao mesmo tempo criando duas dimensões do amor perdido: o relacionamento rompido na vida e na morte. Assemelhando-se desta forma ao primeiro vídeo.

Perder um amor é morrer? O Arcade Fire lança sobre nós perguntas existenciais sobre o amor, onde, “existe amor após a morte?”, seria uma dessas perguntas.

O filme ganhador do Palm d'Or in 1959 em Cannes e do Oscar de melhor filme estrangeiro de 1960, com um elenco composto por atores negros, foi na época repudiado pela elite brasileira que alegava este não ser autêntico ao Brasil. O vídeo re-coloca o filme do diretor Marcelo Camus de volta à vida, usando a parte enigmática e dolorosa do mito grego: Orfeu indo até as profundezas do mundo, ao subterrâneo em busca do seu amor, e no final morrer sem ser compreendido.

O vídeo também cria uma grande nostalgia através das cenas de um carnaval antigo, de um carnaval que já se foi, se transformou, e que quase morreu. Hoje temos outros carnavais; é a Vida Após vários carnavais.

Mas no fundo, o Arcade Fire quando utiliza cenas do filme Orfeu, também parece nos dizer como é difícil enfrentar e suportar uma grande dor sentimental enquanto todos ao seu redor parecem esbanjar alegria e felicidade.

O Arcade Fire é uma banda que vale a pena dar uma checada, e para aqueles no Rio de Janeiro e em São Paulo isso será possível em breve:

Rio de Janeiro, no dia 4 de Abril deste ano, no Citibank Hall, às 22:00.
São Paulo, no dia 6 de Abril no Loollapalooza.

Visite a página do Arcade Fire.

c&p




Nenhum comentário:

Postar um comentário

('Trollagens' e comentários Desrespeitosos e Ofensivos não serão publicados):